«Nunca Me Arrependi»

Por volta dos 18 anos, tive o que as pessoas podem considerar uma vida de sucesso — ótimo trabalho, casa própria desde muito jovem.

Mas era dependente de opiáceos, álcool e Xanax.

Piorou ao ponto de não ter o mais mínimo controlo. Desaparecia durante dias, a minha mãe não sabia de mim. Ela vinha visitar-me, só queria saber se estava vivo.

As drogas tiraram toda a minha vida. Tenho 1,86 metros de altura e pesava 51 quilos.

Era tão insalubre que quando me levantava, a tensão arterial caía e desmaiava.

Acabei hospitalizado 3 vezes para me desintoxicar. Nunca saía das drogas. Nas 3 vezes que saí do centro, tinha uma recaída depois de uma hora de ter saído. Os meus pais intervieram, por sorte. Vim parar ao Narconon.

Depois de completar a sauna, conseguia deitar e dormir dentro de 4 ou 5 minutos, sem ter a cabeça a mil. As dores nas minhas pernas e costas foram-se.

Quando completei o programa e subi ao palco para obter o meu certificado, sorria de orelha a orelha. Os meus pais tinham orgulho porque o consegui. Sabia que estava bem.

Já se passaram 2 anos e meio e tenho estado limpo de todas as substâncias, estão fora do meu corpo.

Nunca mais olhei para trás.

Mais Vídeos